HomeMenu

Vídeos do Dr. Ilari (citando o cancro)

A remoção da mama não é necessária

Vídeo que refere que, em 98% dos casos, a mastectomia não é necessária (minuto 3:45).

Entrevista no Canal 33 (canal público de televisão da Catalunha, Espanha) (4/6/2015) (em catalão)

(Neste vídeo não cita Hamer, apesar de ser a sua promotora em toda a América Latina: organiza cursos de GNM nas principais universidades da Nicarágua, acaba de dar cursos de GNM em Barcelona, etc.) (Fala dele nos outros vídeos).

Veja o vídeo no modo de ecrã inteiro.

Vídeo que comenta a lei 774 (na Nicarágua) sobre o sistema nacional de saúde que se encarrega das terapias alternativas

Índice de cenas (minuto: segundo):

0: 0 Explicação da lei de equiparação legal de terapias alternativas com terapias convencionais.

6:18 Início da exposição sobre as qualidades da água do mar

20:15 Início da apresentação das descobertas do Dr. Hamer (apresentação teórica)

22:58 Explicação de casos de cancro tratados segundo a abordagem de Hamer (próstata)

23:09 Carcinoma ductal da mama

24:10 Os tumores são eliminados pelo organismo e desaparecem ou encapsulam-se (e depois podem ser removidos cirurgicamente, facilmente e sem pressa, sem qualquer gravidade da intervenção).

24:18 Metástases (na verdade, novos cancros provocados por novos choques psíquicos causados pelo diagnóstico e outras circunstâncias)

24:30 Fala da linguagem "assustadora" que os médicos costumam usar (coloca o caso de um cancro da mama).

25:40 Seguindo a abordagem de Hamer, na sua prática médica dificilmente usa antibióticos (ou qualquer outro medicamento), exceto em casos excepcionais.

27:37 Cura os doentes crónicos que conseguem deixar de tomar a medicação gradualmente.

28:20 Dispensa todos os antidepressivos e ansiolíticos que já não são necessários com as terapias alternativas e a abordagem de Hamer, porque melhora a insónia e todo o estado do paciente.

Transcrição pormenorizada a partir do minuto 25:40:

Se houvesse um caso em que talvez usasse antibióticos, mas normalmente quase não os uso. Tenho visto que os doentes que tomam medicamentos, como anti-hipertensivos, antidiabéticos, precisam de medicamentos durante toda a vida até morrerem, e talvez cada vez mais, cada vez mais caros e sofisticados. Através da água do mar, da abordagem da Nova Medicina alemã, do atendimento e resolução do "conflito" (choque emocional), da terapia com florais de Bach, etc. e de diferentes terapias alternativas, a pessoa diminui a quantidade de medicamentos que toma. Não os suspendo de repente porque tenho medo de um efeito de ricochete ou algo do género. Acima de tudo, suspendo também os antidepressivos, os medicamentos para dormir, etc. Quando recebo donativos de antidepressivos, ansiolíticos e medicamentos para dormir, dou-os ao hospital psiquiátrico que ainda não conhece a alternativa. Esses medicamentos são à parte da minha terapia médica, porque com todas as terapias acima mencionadas a insónia melhora, todos os distúrbios emocionais melhoram, as doenças físicas melhoram,.... Quando com a água do mar e todas estas terapias baixamos a medicação até à sua suspensão total, o doente fica curado e sem medicamentos. Com uma pressão normal, melhor do que antes,...

Palestra no Senado mexicano

Em 7 de março de 2014, deu uma palestra sobre o assunto no Senado do México:

conferência da Dra. Ilari no Senado do México

conferência no Senado do México

Veja aqui outros médicos que recomendam (na maioria dos casos) não tratar o cancro.



Aqui (no final das páginas) informamos sobre as alterações efectuadas neste site.

Direitos de autor e informações legais